sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Momento lírico 340

UMA MENSAGEM
(Karl Fern)

Na claridade do campanário
Vi sombras movendo pinos
Eram os acólitos do vigário
 Batendo badaladas nos sinos.

E no tinir do bronze amigo
Soou mágico arrebatamento
Algo nobre mexendo comigo
Tocou-me íntimo sentimento.

Segui aquele brusco chamado
Encontrei o pregador falando
Senti-me de um peso aliviado
Um poder maior se aninhando.

Então eu pude compreender
Através da mensagem divina
Que o mal fica fácil esquecer
Quando o bem torna-se rotina!