segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Opinião: O Templo do Rei Salomão


    Ver nossas “lideranças” políticas todas sob as barbas de Edir Macedo, senhor de ratões e esgotos, de contaminações e interdições, não tem como nos deixar otimistas no futuro de nosso país. É esse espelho distorcido que nossos homens e mulheres públicos procuram: o espelho de Edir e seu “poder”.
Lá estavam, entre muitas das autoridades e políticos presentes o governador Alckmin, o ex-prefeito Kassab e agora prefeito Haddad, o ministro da Casa Civil Aloízio Mercadante e o ministro do Supremo Ricardo Lewandowski, e até nossa presidente Dilma e seu vice, entre outras autoridades subservientes, eleitoreiras e oportunistas, nos cobre de vergonha alheia. que se põe diretamente na linha de tiro desse escândalo.
Mas que faz todo o sentido, lá isso faz. Em “Atos 17:24” está escrito “Deus não habita em templos feitos pelas mãos de homens”. Neste obra  de pura ostentação e agressão ao povo brasileiro, os humilhados por sua inauguração somos todos nós. 
Baseado no artigo de Alex Antunes