quinta-feira, 17 de abril de 2014

Momento lírico 265

SENTIMENTO QUE AÇOITA
(Karl Fern)

Ação serenamente afoita
Ágil rompante desmedido
Um sentimento que açoita
Com lágrimas sem sentido.

Ébrio desequilíbrio mental
Alguns passos sem noção
Flagrante euforia triunfal
Talvez truques do coração. 

Apetite romântico aquecido
Finos acordes que ecoam
Num redemoinho perdido
Com folhas soltas que voam.

Gaiola de querer exclusivo
Sensações rotas, pulsantes
Poema fluido intempestivo
Tinos amorfos, angustiantes.

Frágil fantasia que atordoa
Sacra demência envolvente
Música da alma que ressoa
Dor indistinta inconsciente.

Celeiro de ávida ansiedade
Súplices e inopinas reações
Sonhos de eterna felicidade
Assim são as nossas paixões!