quarta-feira, 5 de março de 2014

Momento lírico 250

PRECE PARA MEU NETO!
(Karl Fern)

E Miguel Bruno chegou
Pela primeira vez chorou
Do mundo ele viu a luz
Tão débil e dependente
Pedi pra tal pingo de gente
A bênção do Cristo Jesus!

Com seu corpo diminuto
No rosto um olhar arguto
Suspira manhoso querer
Pra toda família contente
Irradia seu jeito inocente
Balbucia a graça de viver.

Nascida saudável criança
Encheu todos de esperança
Além de muita felicidade
Que seja um vivente feliz
Racional e hábil aprendiz
Ativo, mas com humildade.

Que nunca faltem alegrias
Carinhos em todos os dias
E respeito pelo seus pais.
Cresça com bastante saúde
Tenha no amor uma virtude
Não magoe a família jamais.

Que aproveite a juventude
Veja o bem como atitude
Seja humano de verdade
Honre parentes que tem
Faça bons amigos também
Tenha na alma a dignidade!

Foi desse jeito que lhe vi
Na prece que roguei pra si
E quando eu já for passado,
Anos depois lembrar de mim
Possa sussurrar algo assim:
Meu avô, MUITO OBRIGADO!