quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Momento lírico 237

O AMOR NAS ESTAÇÕES
 (Karl Fern)

No panorama das estações
Nós prosseguimos vivendo
Amores vão acontecendo
Entornando os corações
Enriquecendo de emoções
Querências se excedendo.

Primavera, tempo de flores
De amores mais atrevidos
Ramalhetes mui coloridos
Juras de poéticos amores
Encantamentos multicores
Cortejos líricos assumidos.

Verão de amantes quentes
De amores mais aquecidos
Pingos de suor consentidos
Sonoros beijos ardentes
Casais fogosos sorridentes
Entusiasmos enternecidos.

Outono, estação dos frutos
De amores bem adocicados
Sentimentos alimentados
Dos amantes mais astutos
Abraços intensos e argutos
Romantismos frutificados

Inverno, período mais frio
De amores ensandecidos
Entre lençóis escondidos
Ativando o perfume do cio
Encima d’um colchão macio
Corpos ludicamente unidos.

Amor perpétuo sentimento
Dádiva de excitante emoção
Airoso em qualquer estação
Nobre a qualquer momento
Motivo de embevecimento
De alma, corpo e coração!