domingo, 31 de agosto de 2014

Testosterona! Esteja atento!

Os homens também são afetados por hormônios, especialmente pela testosterona. Esse hormônio tem poder sobre características físicas, comportamento e até no desempenho sexual. É comum que os níveis desse hormônio diminuam com o passar da idade, mas é necessário ficar sempre atento para que os níveis permaneçam dentro do normal.
Sintomas conhecido como “andropausa” ou “menopausa masculina”, ocorre geralmente entre as idades de 40 a 55 anos, quando os homens podem percebem sintomas semelhantes à menopausa embora não apresentem um ponto tão característico como a interrupção da menstruação para definir essa etapa, como acontece com as mulheres. É nessa fase que ocorre uma queda no nível da testosterona e com isso as mudanças ocorrem muito gradualmente nos homens.

Os níveis recomendados de testosterona ficam entre 300 e 900 nanogramas para cada decilitro de sangue. A partir dos 40 anos, idade próxima ao início da andropausa, a taxa cai aproximadamente 1% ao ano, por isso é indicado sempre incluir esse fator nos exames de rotina para se precaver de possíveis problemas futuros.
Mas os níveis de testosterona diminuírem a partir dos 40 anos não é uma regra: há homens que têm essa taxa diminuída quando mais jovens. Essa alteração traz sintomas por todo o corpo e deve ser solucionada com reposição hormonal. Entre os principais sintomas, estão problemas cardíacos, obesidade, ejaculação precoce e bronquite.
Confira alguns sinais para ficar alerta quanto ao baixo índice de testosterona:
1. Pouco interesse sexual;
2. Cansaço constante;
3. Problemas de memória;
4. Alterações de humor;
5. Dificuldade em criar músculos e acúmulo de gordura;
6. Insônia.
Se você apresenta alguns desses sinais, procure um médico. Não será vergonha nenhuma! Nunca guarde doenças!
Fonte: BLOG ANDROLOGIA (https://www.clinicadeandrologia.com.br/)




quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Momento lírico 293

O CADERNO
(Karl Fern)

No caderno do coração
Escrevi minhas paixões
Rasurei também ilusões
Com o lápis da emoção
Compus poesia e canção
Desenhei rosas e flores
Copiei figuras multicores
Risquei estrelas cadentes
Deixei espaços pendentes
Pra pintar novos amores.

A boemia fiz louvores
Bordei mágicas loucuras
Tracei míticas aventuras
Montei sonhos interiores
Imitei lirismo de autores
Alinhei listas de desejos
Cunhei rápidos solfejos
Nos momentos solitários
Rascunhei belos diários
Sonhando novos cortejos.

Anotei felizes festejos
E outras tantas tristezas
Confessei minhas fraquezas
Anotei suspiros e lampejos
Bolei elegantes gracejos
Esbocei ingênuos poemas
Fraseei cortinas e diademas
Construí castelos magistrais
Entre redomas de cristais
Reinei em sonhos e temas.

domingo, 24 de agosto de 2014

Amazan 55000

Amazan como ele é
Deputado a ser eleito
Um cara de respeito
Não um afoito qualquer
É um amigo de fé
É um amigo do peito!

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Momento lírico 292

PAIXÃO
(Karl Fern)
Paixão traz um anseio silente
Que adoça e amolece a gente
Instiga o umedecer da pele!
Mistura a espírito e a mente
Incandesce o langor presente
Que a distância estéril repele.

Vendaval florido de emoções
Por entre ilusórias flutuações
Sobram delírios envolventes.
Compêndio lírico de canções
Nas fragrâncias das perdições
Dourados recitais candentes.

Querer magistral e insinuante
Agasalho do desejo alucinante
Num campanário ensandecido.
Rogo de sentimento incessante
Atiçado pelo cúmplice amante
Quaisquer sonhos têm sentido!


sábado, 16 de agosto de 2014

Momento lírico 291

INOCÊNCIA!
(Karl Fern)

O que é o mar
O que é o mundo
O que é essa luz
Que vem lá do fundo?

Por que só tem água
Nesse horizonte
Por que não árvores
Por que não tem monte?

Por que essa onda
Tão grande e tão cheia
Vem brava e ligeira
Pra morrer na areia?

Por que é que o sol
Que parece tão quente
Sai da frieza da água
E esquenta de repente?

Porque é que a lua
Que parece tão nobre
Tão limpa no céu
Sai da cor de cobre?

O que existirá
Além desse mar
Será que tem gente
Será que tem ar?

E nesse encontro
Do céu com a água
Será que tem briga
Será que tem mágoa?

Ou será que essa brisa
É o sopro do Senhor
Dizendo pra mim
Lá só tem amor!?


sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Números do Ebola foram subestimados

Funcionários da Organização Mundial da Saúde que trabalham no combate ao surto de Ebola na África Ocidental têm evidências de que o número de casos e mortes registrados “subestima imensamente a magnitude do surto”, disse a agência da ONU em sua página na Internet nesta quinta-feira (14).
O mais recente número de mortos do pior surto de Ebola da história está em 1.069, divulgado na quarta-feira (13), com 1.975 casos confirmados, prováveis e suspeitos, de acordo com a agência. A grande maioria foi registrada na Guiné, Serra Leoa e Libéria, com quatro mortes também na Nigéria.
A febre hemorrágica ébola ou ebola (FHE) é a doença humana provocada pelos vírus do ébola. Os sintomas têm início duas a três semanas após a infeção, e manifestam-se através de febre, dores musculares, dores de garganta e dores de cabeça. A estes sintomas sucedem-se náuseas, vómitos e diarreia, a par de insuficiência hepática e renal. Durante esta fase, algumas pessoas começam a ter problemas hemorrágicos.
A propagação da doença em determinada população tem início quando uma pessoa entra em contato com o sangue ou fluidos corporais de um animal infetado, como os macacos ou morcegos-da-fruta. Após a infeção, a doença é transmissível de pessoa para pessoa, inclusive através do contato com pessoas mortas em decorrência do vírus. Os homens que sobrevivem à doença continuam a ser capazes de a transmitir por via sexual durante cerca de dois meses.
A prevenção é feita através de medidas que diminuem o risco de propagação da doença entre macacos ou porcos infetados e os seres humanos. Deve-se também cozinhar a carne de forma adequada e é recomendado usar vestuário de proteção quando se manuseia carne. Na proximidade de uma pessoa infetada é recomendado que se lavem as mãos e que seja também usado vestuário de proteção.
Não existe tratamento específico para o vírus. O tratamento envolve a administração de terapia de reidratação oral ou intravenosa. A doença tem uma taxa de mortalidade extremamente elevada – até cerca de 90%.
Fonte: AMBIENTE BRASILL/WIKIPEDIA

Medalha em olimpíada de astronomia

Na mesma semana em que Artur Ávila Cordeiro de Melo, matemático brasileiro, conquistou a Medalha Fields, o Brasil teve outra conquista na área de ciências exatas, protagonizada por alunos do ensino médio. Cinco estudantes conquistaram a medalha de prata em prova por equipe na 8ª Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica, conquista inédita no país. O evento, que terminou no último domingo (10), ocorreu na cidade de Suceava, na Romênia. O grupo brasileiro também obteve, nas provas individuais, duas medalhas de bronze e três menções honrosas.
Ao todo, participaram da Olimpíada 208 estudantes, de 39 países. O Brasil é um dos países que participa da Olimpíada desde a primeira edição. A prova de equipe varia a cada ano, e a elaboração fica a cargo do país que sedia o evento. Na última edição, os grupos tiveram 90 minutos para calcular a trajetória de dois mísseis que deveriam atingir um asteroide, em rota de colisão com a Terra, e salvar o planeta.
Para as contas, puderam usar apenas objetos contidos em uma caixa: réguas, massa de modelar, barbante e papel milimetrado. A medalha de ouro ficou com o Canadá e a de bronze com a Lituânia.
A preparação dos estudantes vem desde o ano passado, com a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, voltada para estudantes de escolas públicas e particulares. No ano passado foram 800 mil inscritos em todo o país.
Fonte: Agência Brasil


terça-feira, 12 de agosto de 2014

Momento lírico 290

O CABARÉ E O CONGRESSO
(Karl Fern)

Publico sem constrangimento
Não penso ter receio de errar
Atrevo-me até mesmo versejar
A todo e a qualquer momento
É um constante aborrecimento
Termos que esta turma aturar.

No dito Cabaré de Mãe Joana
Tinha-se muito mais respeito
De lá o freguês saia satisfeito
Sabia o que pedia da mundana
Ele queria carinho, ela a grana
O lema era a alegria do sujeito.

Por entre clientes e concubinas
O propósito mútuo era natural
Cada um seguia seu ledo ritual
Seguiam suas próprias rotinas
Fregueses amavam suas minas
Diferente do Congresso Nacional

No Congresso se faz o que quer
E se quiser também nada se faz
Eleito nem precisa ir por lá mais
O trabalho nós sabemos como é
Malandragem é de dar com o pé
Ali adoram a Deus e ao Satanás.

Mentem pra o eleitor enganado
Costuram acordões o dia inteiro
Ganham salários e mais dinheiro
Nem pensam no eleitor tapeado
E se ver cada dia mais minguado
O respeito pelo povo brasileiro!

Este nosso Congresso poderia
Ser deveras muito mais bacana
Mas é reduto de cobra caninana
Repleto de trairagens e covardia
 Pelo Brasil talvez melhor ele seria
Ser como o Cabaré de Mãe Joana!


Enfim, minha chapa!

Minha  chapa para as próximas eleições! 
(e nem preciso mais ver horário político na TV)



segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Alzheimer dentro de casa - Alimentação

O Alzheimer é uma doença degenerativa praticamente irreversível  e que envolve a perda gradativa de diversas capacidades importantes para o ser humano, como linguagem, memória, cálculos e julgamento, planejamento e organização e, posteriormente, funções motoras.
Os indivíduos com a doença precisam intensamente do auxílio de cuidadores. Estas pessoas devem estar envolvido pelas necessidades integrais do idoso e, não raro, vivem em um dia a dia extremamente cansativo, que pode culminar em estados de puro estresse físico e emocional.
Geralmente atinge os últimos 10 ou 15 anos de vida e envolve três principais fases:
1ª fase/Diagnóstico: O indivíduo passa a ter lapsos de memória e perda da noção de quantidade (uma nota de R$100 pode ser usada no lugar da de R$10, por exemplo);
2ª fase/Moderada: A pessoa necessita de supervisão para tarefas rotineiras e, geralmente, um acompanhante para passeios fora de casa. Nesta fase ele pode desaprender o significado do farol vermelho, por exemplo, por isso é recomendado que não dirija mais;
3ª fase/Grave: Está é a fase da dependência total para atividades como vestir, comer e usar o banheiro, e o paciente pode apresentar perda de linguagem e alucinações.
Um dos principais cuidados é com a alimentação! Para o local das refeições deve-se dar preferência a locais tranquilos e iluminados e use cores contrastantes entre o prato e a toalha de mesa – isso irá ajudá-lo na visualização dos alimentos. Tomar cuidado com os talheres e preferir facas sem serra e, caso o idoso tenha tendência à agressividade e queira espetar a si ou aos outros, utilize colher ao invés de garfo.
No estágio avançado da doença, usar alimentos na forma pastosa pois o paciente esquece inclusive da necessidade de mastigar e alimentos sólidos e isso pode levar ao engasgo e até sua morte por asfixia!
Principal Fonte: SBIA (http://www.einstein.br/einstein-saude/em-dia-com-a-saude/Paginas/tratando-o-alzheimer-dentro-de-casa.aspx)

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Momento lírico 289

ADEUS À FELICIDADE
(Karl Fern)

De um ornado manto de felicidade
Que me preenchia de una emoção
Envolvia meu apaixonado coração
O destino cruel não teve piedade
Se meus sonhos eram de verdade
O padecer vergou-se em comoção.

Quando mais eu pensava ser amado
Recebi o golpe baixo do desprezo
Despertei-me em amarguras preso
Por esta pungente tristeza rodeado
Meu corpo dolorido e amargurado
Naufragou no mar do menosprezo.

Sonhei planos pra toda minha vida
Pensei ter encontrado meu norte
Desvendei então não ser tão forte
Depois sobreveio o rasgo da ferida
Minha alma penosamente perdida
Conheceu sua sentença de morte!


quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Opinião: Sobre a corrupção!

É preciso compreender que acabar com a corrupção não é uma tarefa que não possa ser cumprida em 24 horas. Para combater a corrupção, é necessário implementar um sistema de ampla transparência dos poderes estatais, aumentar o nível de educação da população em geral, e promover a igualdade social. A educação é o princípio básico da igualdade social. E este é também um fator importante na prevenção da corrupção. E o Brasil é um país com enormes desigualdades sociais.
Se uma pessoa tem que lutar diariamente por sua sobrevivência, para ter acesso a alimentação, escolas e hospitais, a questão do combate à corrupção na sociedade certamente não estará entre seus principais interesses. Mas quando uma pessoa se sente parte da sociedade à qual pertence, passa a não aceitar os abusos do poder.
(Extraído e adaptado de uma entrevista com o promotor sueco GUNNAR STETLER)

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Opinião: O Templo do Rei Salomão


    Ver nossas “lideranças” políticas todas sob as barbas de Edir Macedo, senhor de ratões e esgotos, de contaminações e interdições, não tem como nos deixar otimistas no futuro de nosso país. É esse espelho distorcido que nossos homens e mulheres públicos procuram: o espelho de Edir e seu “poder”.
Lá estavam, entre muitas das autoridades e políticos presentes o governador Alckmin, o ex-prefeito Kassab e agora prefeito Haddad, o ministro da Casa Civil Aloízio Mercadante e o ministro do Supremo Ricardo Lewandowski, e até nossa presidente Dilma e seu vice, entre outras autoridades subservientes, eleitoreiras e oportunistas, nos cobre de vergonha alheia. que se põe diretamente na linha de tiro desse escândalo.
Mas que faz todo o sentido, lá isso faz. Em “Atos 17:24” está escrito “Deus não habita em templos feitos pelas mãos de homens”. Neste obra  de pura ostentação e agressão ao povo brasileiro, os humilhados por sua inauguração somos todos nós. 
Baseado no artigo de Alex Antunes