sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Momento lirico 223


PASSADO BENDITO
(Karl Fern)

Não penso que ela mentia
Mais vale é que acreditei
As juras de amor que lhe dei
Era tudo que mais queria
Era meu coração que cedia
Fruto do amor que sonhei.

Tudo que com ela gozei
Jamais me será retirado
Vivi um mundo encantado
Somente eu senti e o sei
Portei-me como astro-rei
Julguei-me um abençoado.

Se tudo isso é passado
Se houve outras verdades
O que tenho são saudades
De como fui apaixonado
Agradeço a Deus o pecado
Que só me deu felicidades!

Por que cultuar maldades
Onde existiu tanto prazer
Por que criar malquerer
Onde arei minhas vontades
Se entre outras dignidades
O bom não quero esquecer?

Era nosso dourado querer
Nada me foi um suplício
Fui feliz desde o início
Deliciei-me lhe pertencer
Nas loucuras que pude viver
Amá-la não foi desperdício!