domingo, 30 de junho de 2013

Biografias de Brasileiras - 22

     Roseli Celeste Nunes da Silva, a Rose (1954 - 1987)
Ativista social e mártir da luta pela terra brasileira nascida no Rio Grande do Sul, que, em sua luta por uma reforma agrária justa, participou da ocupação, junto com o marido e os filhos, da fazenda Anoni (1985), a maior ocupação realizada no Rio Grande do Sul, início do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, o MST. Na época, ela estava grávida de seu terceiro filho e, assim, foi mãe da primeira criança a nascer no acampamento, Marcos Sepé Tiaraju, nome dado em homenagem ao líder guarani. Em seguida liderou uma caminhada de 300 quilômetros até Porto Alegre, onde os trabalhadores ocuparam a Assembleia Legislativa, permanecendo acampados por seis meses, até ser dada uma solução para as 3 mil famílias que estavam na fazenda Anoni (1985).
Durante um protesto com mais de 5.000 pessoas, contra as altas taxas de juros e a indefinição do governo em relação à política agrária, um motorista jogou seu caminhão contra uma barreira humana formada na BR-386, em Sarandi, Rio Grande do Sul, ferindo 14 agricultores e matando ela, mãe de três filhos, e mais dois companheiros: Iari Grosseli, de 23 anos, e Vitalino Antonio Mori, de 32 anos. Teve sua vida encerrada com apenas 33 anos e sua história foi contada no filme Terra para Rose (1987), de Tetê Moraes, que ganhou, entre outros, o 1º prêmio no Festival do Novo Cine Latino-Americano, em Havana, Cuba, e mais seis prêmios no 20º Festival de Cinema de Brasília.
Dez anos depois (1997), a cineasta Tetê Moraes voltou ao assentamento da Fazenda Anoni para ver como viviam as famílias que participaram da ocupação e que foram assentadas, e produziu o documentário O sonho de Rose, uma espécie de continuação do Terra para Rose. O documentário ganhou o prêmio Margarida de Prata, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB (1997). Seu filho Marcos Tiarajú e seu pai, José Corrêa da Silva, continuaram morando no Assentamento Filhos de Sepé, no município gaúcho de Viamão.