terça-feira, 14 de maio de 2013

Exercícios físicos

Clique na figura pra ler!
Fonte: Manoel Salviano (meu primo e amigo fisicultor!)


Lembranças de Marinês

Aquarela Nordestina

No Nordeste imenso, quando o sol calcina a terra,
Não se vê uma folha verde na baixa ou na serra.
Juriti não suspira, inhambú seu canto encerra.
Não se vê uma folha verde na baixa ou na serra.
Acauã, bem no alto do pau-ferro, canta forte,
Como que reclamando sua falta de sorte.
Asa branca, sedenta, vai chegando na bebida.
Não tem água a lagoa, já está ressequida.
E o sol vai queimando o brejo, o sertão, cariri e agreste.
Ai, ai, meu Deus, tenha pena do Nordeste.
Ai, ai, ai, ai meu Deus
Ai, ai, ai, ai meu Deus.

     (*) Marinês, nome artístico de Inês Caetano de Oliveira (São Vicente Férrer, 16 de novembro de 1935 Recife, 14 de maio de 2007) foi uma cantora brasileira de forró, baião e xaxado, entre outros ritmos. Filha de pai, iniciou a carreira na banda Patrulha de Choque do Rei do Baião, que formou com o marido Abdias e o zabumbeiro Cacau para se apresentar na abertura dos shows de Luiz Gonzaga. Gravou o primeiro disco em 1956, já à frente do grupo Marinês e sua Gente, com o qual se consagrou. Sem dúvida, a canção que a consagrou foi  Peba na Pimenta, de João do Vale, José Batista e Adelino Rivera, que causou polêmica na época em que foi gravada, devido ao seu duplo sentido. Vítima de um AVC em 5 de maio, em Caruaru, estava se recuperando no Real Hospital Português de Beneficência, no Recife, quando morreu. Portanto estamos a seis anos de sua morte!

Disfunção erétil

A disfunção erétil decorrente de causas orgânicas pode acometer homens em qualquer idade, mas é mais comum após os 50 anos. Isso acontece por conta do envelhecimento natural, ainda que o indivíduo seja saudável.
Antes dos 50 anos, a disfunção erétil costuma ter como causa problemas emocionais como estresse, ansiedade e baixa autoestima, por exemplo. Assim sofrer um episódio de perda de ereção antes dos 50 anos é completamente normal. Deve começar a se preocupar apenas quando o problema se torna frequente.  Ao perder a ereção pela primeira vez, o homem deve tentar manter a interação entre o casal.
Deve-se lembrar  que o intervalo de latência após uma relação ou após a perda de ereção em que o homem não consegue ter outra ereção, é de cerca de 20 minutos. Durante esse tempo ele pode relaxar ou se recuperar, conseguindo, então, uma nova ereção. Para isso, é fundamental a compreensão entre o casal.
A disfunção erétil também pode ser sintoma de diabetes. Cerca de metade dos homens que sofrem de diabetes também apresenta problemas de ereção. Com tratamento médico em muitos casos, reduz-se e muito o risco de ter disfunção erétil.
Problemas de ereção podem ser decorrentes do tabagismo e nem sempre são revertidos depois que o homem abandona o cigarro. O sobrepeso também pode prejudicar a ereção. Ereção parcial com frequência indica um quadro de disfunção erétil  e, nesse caso, o homem deve buscar ajuda.
Fonte: MINHA VIDA (por e-mail!


Tecnologia ‘smart’ na linha-branca

A cozinha do brasileiro ficará cada vez mais high-tech. As fabricantes de eletrodomésticos promovem uma verdadeira corrida para adaptar tecnologias da indústria de tablets e smartphones nos lançamentos de geladeiras, fogões e lavadoras. A Whirlpool, dona das marcas Brastemp e Consul, começa a vender nesta terça-feira, 14, seu ‘smart fogão’, um produto desenvolvido no Brasil e considerado pela empresa o item mais "conectado" do seu portfólio global.
O fogão permite ao consumidor baixar receitas em um aplicativo no smartphone e programar o forno para prepará-las automaticamente. Esse é o segundo eletrodoméstico conectado à internet lançado pela Whirlpool no Brasil. O primeiro foi uma geladeira que permite compartilhar listas de compras com toda a família.
Fonte: Estadão Conteúdo