quinta-feira, 25 de abril de 2013

Queda capilar

Algumas atitudes fáceis de seguir fortalecem seu cabelo e previnem a queda dos fios de cabelo. Até a alimentação interfere na aparência dos cabelos. Usar o xampu certo, cuidar do couro cabeludo, evitar o estresse, escolher a escova certa, praticar mais exercícios são alguns dos hábitos que fortalecem os cabelos e previnem essa perda que mexe com a vaidade de cada um. 
Leia a seguir alguns procedimentos rotineiros para manter as madeixas mais saudáveis e bonitas:
1) Manter os cabelos sempre limpos, pois deixar o couro cabeludo sujo por mais tempo favorece e agrava a queda de cabelos.
2) Nunca prender os fios molhados, pois o couro cabeludo molhado por muito tempo junta fungos e cria caspa, além de enfraquecer a raiz dos cabelos.
3) Nunca passar chapinha no cabelo molhado. Antes de usar a prancha, seque bem os cabelos. Nem úmidos eles podem estar.
4) Evitar o vento enquanto a cabeleira não estiver seca.
5) Usar escovas com pinos e que tenham bolinhas de massagem nas pontas, pois estas protegem o couro cabeludo e oferecem mais leveza na hora de desembaraçar.
6) Reduzir o estresse e ficar longe da ansiedade. Ficar olhando no espelho à procura de fios novos não ajuda em nada e piora o estresse.
7) Fazer exercícios físicos, pois essa prática libera endorfinas que reduzem o estresse.
8) Evitar o álcool e o fumo, pois são costumes que afetam o metabolismo, um dos fatores que podem levar à queda capilar.
9) Consumir alimentos que contenham nutrientes específicos como os minerais zinco, selênio, cálcio, silício e ferro, as vitaminas E, C e do complexo B, proteínas e grão integrais.
10) Procurar um dermatologista quando o couro cabeludo apresentar caspa excessiva ou descamação, feridas, dor e coceiras.
Fonte: REVISTA VIDA &SAÚDE (http://revistavivasaude.uol.com.br/)


Dona Mozinha!

Minha MÃE! Hoje, 25 de abril de 2013, completando 80 anos! 
Oitentinha! PARABÉNS minha veínha!




Domingo, 22/04/2013

Flagrante captado por Marcos Antonio no John Rock's Bar,
em Jardim do Seridó / RN!
Acho que estávamos comemorando o 
Descobrimento do Brasil...  Não lembro bem! ...


Alimentos: O "ovo"

O ovo foi considerado um vilão da dieta por décadas a fio porque esse alimento fornece aproximadamente 200 mg de colesterol e a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) indica, para prevenção de doenças cardíacas, um consumo diário inferior a esta taxa.
O colesterol é uma substância que é produzida naturalmente pelo fígado e considerada fundamental para o bom funcionamento do organismo. Ele participa da produção de ácidos biliares, que são importantes na digestão das gorduras, e também na síntese de hormônios sexuais que constituem as membranas celulares. Porém, quando se identifica concentrações muito elevadas no sangue, ele contribui para o aumento de doenças coronarianas.
Mas estudos científicos recentes mostraram que onde se acrescentou 4 ovos por semana na dieta, não houve alteração no colesterol sanguíneo comparado ao grupo controle e os especialistas chegaram a conclusão que consumir um ou dois ovos, três a quatro vezes por semana, é saudável.
Outra estrela presente no ovo é o ômega 3, ácido graxo que tem ação anti-inflamatória de impacto celular. Inflamações de nível celular podem predispor a doenças degenerativas.
Sobre os tipos de ovos:
Codorna - ovo com mais proteínas e mais colesterol. No dia a dia, cada três ovos de codorna têm o mesmo valor calórico que um ovo de galinha;
Caipira - de galinhas são criadas soltas e alimentadas com milho ou rações orgânicas;
Granja - de galinhas criadas fechadas e que recebem rações com aditivos químicos;
Pata - mais gordurosos e possuem um sabor característico. Já seus nutrientes são semelhantes aos ovos de galinha;
Orgânico - de galinhas são alimentadas com rações ou alimentos naturais e sem aditivos. A embalagem precisa de um selo que comprove sua procedência.
Fonte: REVISTA VIDA &SAÚDE (http://revistavivasaude.uol.com.br/)