sexta-feira, 8 de março de 2013

Momento lírico 147

VICIOSO MISTER
(Karl Fern)

Menina que desce pela areia
Vem pela praia, a beira-mar
Exibindo seu corpo de sereia
Sonho de desejo de se amar.

Silente segue seu caminhar
Na areia marcas compassadas
Pra onda invejosa alcançar
E leva-las pra o seio do mar.

Aninha um sorriso no olhar
Uma brisa seu rosto acaricia
Açoita seu cabelo a orvalhar
Brilham raios na pele macia.

Delicada como um beija-flor
Mariposa casta e caprichosa
Uma festa de prazer sedutor
Virginal, excitante e graciosa.

Flor cravejada de pendores
Apoteose de um fogo genital
Infinito de maviosos louvores
Princesa no dourado matinal.

Seu caminhar é uma poesia
Admirá-la é um vicioso mister
Alma radiante de harmonia
A perfeição de ser MULHER!