sábado, 19 de janeiro de 2013

Dengue

Toda hora é hora de combater a dengue. Não deixe que o alivio e a alegria da chegada das chuvas seja manchada pela presença dessa doença. A vigilância deve ser redobrada. Além dos cuidados dentro de casa, convoque colegas de trabalho, amigos, vizinhos e familiares a se unirem na batalha contra o mosquito transmissor da dengue.
Se não houver reprodução do mosquito não haverá dengue. Não pense nem deixe que o combate ao mosquito seja obrigação exclusiva do poder público ou do seu vizinho. Caminhe pelas ruas, observe as praças e os parques de seu bairro. Veja se há pneus ou embalagens vazias espalhados pelo chão. Fique atento as  poças de água.  Cuide para que o lixo fique longe de animais e protegido em sacos bem fechados. Terrenos baldios devem estar limpos: sem lixo nem entulho. Uma simples tampinha de garrafa pet pode ser um criadouro. Fique atento a tudo, qualquer coisa que possa acumular suficiente para permitir a reprodução.
Converse e chame vizinhos, jovens, idosos, comerciantes, associações de bairro e igrejas. Faça mutirões e monte uma força-tarefa de proteção à comunidade. Juntos somos mais fortes que a dengue e não se esqueça! Se você notar muitos focos do mosquito transmissor da dengue nas redondezas, faça sua parte e avise aos órgãos responsáveis do seu município. Sempre que o agente de saúde aparecer no bairro ou lhe fizer uma visita, converse com ele, ajude com trabalho comunitário. Esteja sempre por dentro das ações conjuntas de combate à dengue.
 DENGUE! É fácil combater, só não pode esquecer. Família, vizinhos, agentes de saúde e você: a parceria perfeita para vencer a dengue. Lembre-se: ACABAR COM A DENGUE SÓ DEPENDE DE NÓS!


Sexo x Saúde


O site MINHA VIDA - SAÚDE listou oito motivos para se procurar uma vida sexual ativa. São os seguintes:
1. Melhora o aspecto da pele - Pesquisadores da Universidade Queens, Reino Unido, concluíram que atingir o orgasmo aumenta os níveis de estrogênio, testosterona e de outros hormônios ligados ao brilho e a textura da pele e dos cabelos. O orgasmo provoca uma vasodilatação superficial dos vasos e, com isso, a pele ganha uma aparência mais viçosa, e o brilho natural dela fica em destaque. Assim, fazer sexo pela manhã é um poderoso aliado da beleza para manter a juventude;
2. Alivia as cólicas da TPM - Os movimentos realizados durante o sexo estimulam os órgãos internos, que ficam mais relaxados e, com isso, há diminuição das dores que incomodam seu bem-estar nos dias antes da menstruação.  Porém algumas mulheres que na fase pré-menstrual não têm disposição para o sexo, não devem forçar a barra, pois pode ser pior;
3. Melhora o sono - O relaxamento que o orgasmo traz contribui para que se durma melhor e não apenas no dias em que houver sexo. A reação tem efeito prolongado, devido a ação dos neurotransmissores que passam a agir no seu organismo com mais regularidade e numa quantidade maior;
4. Diminui o estresse – O orgasmo não deve ser encarado como um remédio calmante, mas como parte de uma relação afetiva que traz prazer. Quando isso acontece, os níveis de estresse tendem a diminuir não só pela estabilidade emocional, mas também porque os chamados hormônios do estresse, como o cortisol, apresentam atividade reduzida;
5. Reduz os riscos de infarto - Pesquisas realizadas com milhares de homens concluíram que o sexo frequente pode reduzir o risco de infartos fatais e de derrames. A morte súbita causada por problemas de coração é mais comum entre homens que afirmam ter níveis baixos ou moderados de atividade sexual;
6. Queima calorias - A atividade sexual pode ser um ótimo exercício para o corpo. Isso porque meia hora de sexo queimam, em média, 85 calorias. Portanto, se você está sem paciência para ir à academia, que tal optar pelo esse plano B?;
7. Aumenta a imunidade - Uma vida sexual ativa aumenta os níveis de um anticorpo conhecido como IgA , responsável pela proteção do organismo de infecções, gripes e resfriados;
8. Alivia as crises de enxaqueca - Quando seu parceiro reclamar, dizendo que não quer sexo porque está com dor de cabeça, reverta a desculpa a favor da saúde dele. O orgasmo libera substâncias, como as endorfinas, que atuam no sistema nervoso reduzindo a sensibilidade à dor, relaxando a musculatura e melhorando o humor.
Em soma o orgasmo alivia dores, melhora o sono e estimula a longevidade. Curioso é que apesar de proporcionar prazer e qualidade de vida, uma pesquisa feita pela Universidade de São Paulo (USP) revelou que 70 % dos brasileiros fazem menos sexo do que declaram em conversas e pesquisas públicas.
OBS: As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.
Fonte: MINHA VIDA - SAÚDE (http://www.minhavida.com.br/saude/materias/ publicado em 10/08/2010 –por e-mail)


Momento lírico 125



SALÁRIO DE DEPUTADO
(Karl Fern)

Não sonho ganhar na loteria
Ou noutras coisas ser premiado
Pra viver como endinheirado
Pra ser rico todo santo dia
Na minha vida eu só queria
Receber salário de deputado.

Entram na política sem nada
Depois não os vejo trabalhando
Eu já vi muitos só festejando
Sempre numa alegria danada
Bebericando e dando risada
Quando não estão cochichando.

Têm fazendas e muito gado
Toda sorte de vultosos imóveis
Usam os mais caros automóveis
Moram em condomínio fechado
Viajam pra tudo quanto é lado
Possuem barcos e aeromóveis.

Aparecem de vez em quando
Sempre em festas a conversar
Ou nos palanques a discursar
Com belas palavras enganando
Na TV vejo muitos proseando,
Na rua, em seus carrões passar!

Do povo só uns votinhos a mais
É o que quer pra ser poderoso
Sempre bem vestido e garboso
Esbanjando riquezas demais
Apenas com recursos salariais
Pense num dinheiro milagroso!

Nem é um salário tão gigante
Mas parece que é abençoado
Dá pra tudo e mais um bocado
Deixa minha mente intrigante
Por isso que de agora em diante
Queria ter salario de deputado!

Se isso não puder me acontecer
Vou pedir a Deus nosso Senhor
Que com sua força superior
Abençoe meu quinhão a receber
E punha um pouco desse poder
No meu parco salário de professor!