sábado, 22 de dezembro de 2012

Momento lírico 113

É NATAL !
(Karl Fern)

Noite de Natal! Noite que reluz!
Noite de paz e também de amor!
Olho pra o céu como um sonhador
Percebo incontáveis astros de luz
O Universo ilimitado me seduz
Adoro a obra-prima do Criador.

Sinto um brilho intenso de paz
Mergulhado num encanto divinal
Um sonho de alegria sem igual
Parece que uma estrela me diz
Estamos aqui porque Deus quis
Somos todos filhos do Celestial.

Tudo que existe em nosso redor,
Também têm seu próprio brilho
Todos seguem seu traçado trilho
Somos astros de um único Senhor
Possuímos um íntimo esplendor
Cada um é do pai mais um filho.

Essa noite parece mais iluminada
Há mais calor em cada coração
Sobram abraços, sorrisos, emoção
Na humanidade a data glorificada
Em volta há tanta gente extasiada
Cintila felicidade no rosto irmão.

O por do sol pareceu fulgurante
Crianças batem palmas sorridentes
Divertem-se com belos presentes
Jovens de mãos dadas se abraçam
Casais em felicidade se congraçam
Todos cantam, sorriem contentes.

Se há mais fulgor no firmamento,
Pode ser uma instantânea ilusão
Movida pelo espírito da ocasião
Intuída pela vivência do momento
Do Salvador e o seu nascimento
Cantado com alegria e devoção.

Jesus veio pra devolver-nos alegria
Mas qualquer dia pra Deus é igual
Por que só essa data ser especial
Ser escolhida como um santo dia
Por que não estender essa teoria
E todo dia se ter espírito de Natal?