terça-feira, 20 de novembro de 2012

Sobre a fotografia

Um dos gestos mais comuns no cotidano atual é o de fotografar. A foto é um registro, uma prova que você esteve naquele instante, naquele lugar. O tempo passa e a fotografia fica como um documento de sua vida, na sua historia. Inicialmente eram monocromáticas, à chamada foto preto e branco, com o tempo chegou a que hoje chamamos foto colorida, com as cores iguais e reais, e as câmeras chegaram a era digital e massificou o uso da fotografia. Melhor ainda: hoje se pode guardar as suas fotos em um DVD, e no seu próprio computador e, assim,  elas não ficam mais envelhecidas.
A primeira fotografia reconhecida é atribuída ao físico francês nascido em Chalon-sur-Saône,  Joseph Nicéphore Niépce (1765-1833). Considera a primeira fotografia conseguida no mundo, a foto foi tirada no verão de 1826, da janela de sua casa e encontra-se preservada até hoje. Por isso é historicamente considerado o inventor da fotografia. Ele conseguiu relacionar a imagem realizada com luz e uma câmera escura e a fixar uma imagem permanentemente. Contudo, a invenção da fotografia não é obra de um só autor, mas um processo de acúmulo de avanços por parte de muitas pessoas, trabalhando, juntas ou em paralelo, ao longo de muitos anos. A sua história da fotografia é contada desde 350 a.C., na Grécia antiga, quando se tem os primeiros estudos sobre  o fenômeno da produção de imagens pela passagem da luz através de um pequeno orifício.
O célebre matemático e astrônomo árabe nascido em Basra, Alhazen ou Abu Ali al-Hasan Ibn al-Haytham (965-1039), descreveu um método de observação dos eclipses solares através da utilização de uma câmara escura. Em meados do segundo milênio já se conhecia o escurecimento dos sais de prata e de formação de imagens efêmeras e o grande problema era fazer com que essas imagens se tornassem permanentes.
Coube ao arqueólogo inglês William Henry Fox Talbot (1800-1877), em 1841, apresentar o calótipo, processo mais eficiente de fixar imagens através da revelação de um negativo. O processo é utilizado até os dias de hoje e foi a primeiro passo efetivo para o desenvolvimento da fotografia moderna.
Fontes: 
2.        SÓ BIOGRAFIAS (http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/ClaFANSV.html)