terça-feira, 18 de setembro de 2012

Piadinhas infames!


Na entrevista de emprego!
- Que cargo você pretende começar na nossa empresa?
- Como gerente!
- Você é doido???!!!
- E precisa??!!

Num jogo de vôlei de um grupo de leprosos.
O juiz apita:- Mão na rede!
Um jogador grita: - É minha!

- Minha mulher fugiu com meu melhor amigo.
- Ah é? E quem é ele?
- Não sei, só sei que agora é meu melhor amigo!

Alguém telefonando: - Alô, é do hospício?
Louco atendendo: - Não, é do telefone!

- Por que as loiras tomam pílulas?
- Para saber qual o dia da semana!

- Joaquim, você gosta de mulher com muito seio?
- Não, não! Pra mim dois só já basta!

- Por favor! O senhor viu alguém dobrando esta esquina, agora há pouco?
- Não, senhoire. Quando aqui cheguei, ela já estava dobrada...

- De noite, eu durmo muito bem, doutor. De manha, também.
É de tarde que eu tenho um pouco de insônia!!!

- Quantos irmãos vivos você tem?
- Três vivos e um que trabalha, doutor.

- Sabe, Doutor,  as vezes uma pessoa acaba de me contar algo e logo esqueço!
- E desde quando o senhor sente isso?
- Isso o que?

Desafio dos poetas: “O buraco do prefeito”

Este é um trabalho do conterrâneo “PRIMO POETA” que organizou esse interessante desafio entre os poetas jardinenses e doou-o de presente para o Blog PROFESSOR CARLOS FERNANDES publica-lo em primeira mão!


MOTE: JOCIMAR  VAI ENTRAR PARA OS ANAIS / COM  O BURACO MAIS  CARO DO BRASIL


AMAZAN (iniciando):
                 Jocimar divulgou a construção
                 De um portal na entrada da cidade
                 Mas provando que não tem capacidade
                 O portal nunca teve conclusão
                 Fez discurso, fez a licitação.
                 A empresa cobrou quase cem mil
                 Mas a única construção que a gente viu,
                 Foi um grande buraco e nada mais
                 Jocimar vai entrar para os anais
                 Com o buraco mais caro do Brasil.

PRIMO:
                Na cidade ninguém tem a medida
                Do tamanho do buraco do prefeito
                Fui medir e achei o bicho estreito
                Para um pórtico naquela avenida.
                Essa história está bastante distorcida
                Este povo acha que sou imbecil
                O dinheiro desta obra que sumiu
                A MORVAN não devolve nunca mais
                Jocimar vai entrar para os anais
                Com o buraco mais caro do Brasil.

KARL FERN:
                Apenas um furo malfeito e perigoso
                O que seria um vistoso e belo portal
                Tornou-se mais uma obra virtual
                De um prefeito fracote e mentiroso
                Que investiu neste portal misterioso.
                Para os recursos sobrou desculpa vil
                Foi como lenda de primeiro de abril
                Inventada por mente “viva” demais
                Jocimar vai entrar para os anais
                Com o buraco mais caro do Brasil.

MAGO:
                  Procurei para olhar um tal portal
                  Que seria a bela entrada de Jardim
                  Só encontrei um buraco com capim
                  Quando olhei pra dentro passei mal
                  E o preço que foi pago? Imoral
                  Por uma obra que nunca existiu
                  No buraco que ele gastou quase cem mil
                  Eu não gasto mais que dez reais
                  Jocimar vai entrar para os anais
                  Com o buraco mais caro do Brasil

O.D.FILHO:
                  Virou “causo” de PAULINO CHAPELEIRO
                  A história mal contada do portal
                  Publicada no Diário de Natal
                  No famoso 31 de fevereiro
                  Nem a força das mandingas de CARNEIRO
                  Tem poderes pra juntar o que sumiu
                  Este filme que o Padre produziu
                  O cinema SANJUVI tem o cartaz
                  Jocimar vai entrar para os anais
                  Com o buraco mais caro do Brasil.
                 
CABORÉ dos Currais Novos:
                   Dá os traços de buraco de banqueta
                   Só não sei se encontrou algum minério
                   Eu preciso descobrir por que mistério
                   Os cem mil foi parar n’outra gaveta
                   Anotei na minha velha caderneta
                   O dinheiro que a obra engoliu
                   O larápio foi danado de sutil
                   Pois fugiu sem ninguém correr atrás
                   Jocimar vai entrar para os anais
                   Com o buraco mais caro do Brasil.

 SILVANO:
                  Essa história pegou todos de surpresa
                  Quando soube da notícia fiquei triste!
                  Este preço de buraco não existe
                  Tem mutreta nesta obra com certeza
                  Houve fraude na planilha de despesa
                  Esta firma não gastou quarenta mil
                  É jogada de prefeito juvenil
                  Que não soube proteger seus laterais
                  Jocimar vai entrar para os anais
                  Com o buraco mais caro do Brasil.

BIU DO ZANGARELHAS:
                  O buraco que devia ser Portal
                  Tem a forma de cratera de vulcão
                  Jorrou cinzas da maldita corrução
                  Nos entornos do Poder Municipal
                  Quem achou que este preço foi normal
                  Merecia quinze tiros de fuzil
                  Quem levou a maior parte dos cem mil
                  Presta contas no inferno a satanás
                  Jocimar vai entrar para os anais
                  Com o buraco mais caro do Brasil.

S.M.A:
                 O eleitor de Jardim está “cabreiro”
                 Com o buraco que a céu aberto foi cavado
                 Foi a MORVAN que fez aquele escavado
                 E o prefeito lhe passou muito dinheiro
                 Dizendo ser um portal belo e altaneiro
                 Em todo estado outro igual nunca se viu
                 Tão grande o blefe que o prefeito proferiu
                 Que ele caiu nas pesquisas eleitorais
                 Jocimar vai entrar para os anais
                 Com o buraco mais caro do Brasil.

BRAZ :
                  Este padre tá gastando na campanha
                  Toda grana dos recursos do Portal
                  Os Ministros do Supremo Tribunal
                  Não deviam permitir esta façanha
                  Esta obra tem alguma coisa estranha
                  O prefeito foi bastante infantil
                  Essa ruma de terra que saiu
                  Concertava as estradas vicinais
                  Jocimar vai entrar para os anais
                  Com o buraco mais caro do Brasil.

AMAZAN (finalizando):
                  Pouco mais de um metro de fundura
                  Mais ou menos uns três de comprimento
                  Sem brita, sem ferro e sem cimento,
                  E menos de dois metros de largura
                  Prejuízo para pobre prefeitura
                  Quando eu falo Jocimar acha ruim
                  Mas eu ando divulgando mesmo assim
                  Em discurso, palestra e oratória,
                  A obra mais cara da história
                  O buraco do prefeito de Jardim.                
PRIMO POETA (18/09/2012)