sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Humor: O "causo" do comício!

Essa história, digamos, é "meio "pesada", mas vale a pena ser contada!            
Anos depois de ter sido governador da Paraíba (1966-1971), João Agripino de Vasconcelos Maia Filho (1914-1988), ex-promotor público de Jardim do Seridó e um dos fundadores da União Democrática Nacional (UDN), resolveu ser novamente candidato a Deputado Federal (1981) e foi fazer um comício em Itaporanga no Vale do Piancó, na Paraíba.
E durante as oratórias falava um vereador seu cabo eleitoral e bem bajulador, pregando as virtudes de seu candidato, especialmente rememorando suas grandes virtudes como governador. Era Deus no céu e João Agripino na Terra, parodiando o sertanejo! E lá para as tantas, um espectador já cansado de ouvir tanta baboseira e “xaleirice”, uma verdadeira “babação” ao vivo, gritou bem alto e revoltado, lá do meio da multidão: - “DÊÊ O CUU A EÊÊLE!!!”.
Esse grito pegou o orador de surpresa que, extremamente injuriado, interrompeu seu discurso e voltando-se para João perguntou: - “Posso responder a esse safado, Doutor?”. João que era conhecido como gozador (por dentro certamente ele estava era rindo a valer da situação!) e sem se preocupar, respondeu: - “Pode rapaz! fique a vontade!”
O edil babão voltou-se para a multidão, sem mesmo saber quem tinha lhe ofendido (!) e segurando o microfone com muita raiva desabafou: - OLHE SEU FILHO DE UMA PUTA! “DAR” EU NÃO DOU NÃO, MAS EU COMO O SEU E O DELE!!!