sexta-feira, 22 de junho de 2012

Olhos: cuidados domésticos

É importante sabermos que alguns cuidados diários e hábitos cotidianos podem nos auxiliar na prevenção de problemas oculares. Primeiramente, uma boa alimentação pode ser um ótimo começo para uma boa saúde dos olhos. A inclusão de vitaminas nas refeições diárias como a vitamina A (encontrada, por exemplo, na cenoura), antioxidantes (encontrado nos vegetais) e minerais podem ajudar a enriquecer e fortalecer o organismo.
Outros cuidados a serem tomados estão relacionados aos nossos hábitos cotidianos. Proteger os olhos contra raios UV fazendo uso de óculos adequados, evitar sentar muito próximo à aparelhos como televisão ou computador, para não forçar a visão, são alguns cuidados que podem prevenir doenças futuras.
Lavar sempre o rosto em água corrente e enxugá-lo com toalhas descartáveis! Nunca utilizar vasilhames, tipo bacias, principalmente usadas por outras pessoas  ou para outras finalidades, para colocar água e lavar o rosto, como também utilizar toalhas usadas por outras pessoas para enxugar o rosto. Lavar também com frequência as mãos e evitar coçar os olhos
Contudo, o mais importante de todos os cuidados é fazer consultas regulares a um oftalmologista, pois quanto mais cedo o problema for detectado melhor será a recuperação.

Momento lírico 38


PAIXÃO
(Karl Fern)

Um bendito e doloroso sentimento
Excitação emanada de um fascínio
Ansiedade sem explícito argumento
Perda da razão e até do raciocínio. 

Sensação deslumbrante de felicidade
Brilho nos olhos, sorrisos e alegrias,
Superlativo do ilusório da realidade,
Agitadas pulsações e insanas arritmias. 

Sonhos de expectativas fantasiosas,
Submissão a desejos incontroláveis,
Liberação das imagens mais radiosas
Vontades instintivas e inimagináveis.  

Querer a pessoa amada a toda hora
Imaginar o toque nela a todo instante
Instinto de possessão que lhe aflora
Ao abraçar ternamente seu amante. 

A todo custo só existe aquele amor,
Vício debilitante que doma uma mente
Um prazer que convive com uma dor:
O ciúme do não ter completamente!  

Objeto dos sofrimentos suportáveis,
Invasora contínua dos pensamentos,
Obsessão com limitações impensáveis
Mote de indescritíveis encantamentos.

Embriagante como um forte sedativo
Resistente e muitas vezes angustiante,
Acontece sem procura e sem motivo
Sempre arteira e de forma fulminante! 

Se alguém nenhuma vez se apaixonar
Nunca sentir o sabor dessa emoção
Não saberá como é gostoso esse penar
Amargará a infelicidade no coração!


Momento lírico 37

SOLIDÃO  
(Karl Fern)

Emocional no qual um ser humano sente
Profunda sensação de vazio e isolamento.
Um querer por uma companhia ausente
Tristeza inconsolável de doído tormento!

Precisão de algo novo que lhe transforme.
Estar desacompanhado e o ficar sozinho,
Descontrole e pensamento desuniforme .
Perdido no norte e sem rumo no caminho. 

Ausência de identidade e de compreensão
Bloqueio da capacidade de relacionamentos
Manifesta sensação de abandono e rejeição,
Insegurança, ansiedade e ressentimentos. 

Perda da esperança, medo da insignificância.
Debilitante experiência de vasto sofrimento
Autoconvencimento de débil importância
Baixa autoestima, doentio distanciamento. 

Tediosa experiência  em temerária tristeza
Dolosa saudade do que não pode ser amado
Emocional estilhaçado destituído de beleza,
Condição humana do se sentir abandonado.

Sensação de perda do significado da vida
Afastamento dos que lhe foram confidentes
Refém do infortúnio da lembrança pervertida
Arrependimento tardio por algo inexistente.

É injusto se recolher pela falta de coragem
Sumir quando o mundo tem tantas portas
Sempre terá alguém carente de uma viagem
Para a felicidade, fugindo de coisas mortas.

Desperte e desista das agruras de solidão
Procure algo prazeroso que lhe faça reviver
Traga alívio e revigore o sofrido coração
Restaure a aura positiva e a alegria de viver.


Suplementos alimentares



Segundo dados de pesquisas feitas pelo IBGE, 98% da população brasileira não ingere a quantidade ideal de vitaminas por dia e 92%, não consome frutas com frequência. Além disso, 88% da população ingere mais do que as duas miligramas de sal refinado diariamente, consumo considerado excessivo.

Por esse motivo o consumo de suplementos alimentares faz parte da nova pirâmide alimentar, mas na hora de incluir os suplementos na dieta
, é preciso tomar alguns cuidados para evitar problemas. Eis alguns comentários sobre isso:

1. Consumir com aconselhamento médico - Como evitam a deficiência de nutrientes, em quantidades excessivas podem trazer problemas e é importante que o consumo de suplementos seja feito sob a orientação de especialistas em esporte e nutrição.
2. Não apenas quem tem doenças precisa tomá-los - Uma pessoa livre de doenças e que pratica exercícios físicos, tem uma alimentação balanceada, não bebe e não fuma pode precisar de suplementação, porque cada pessoa possui um metabolismo diferente e, por isso, absorve de maneira específica cada tipo de nutriente.
3. Tomar mais do que o necessário – O excesso pode causar efeitos prejudiciais ao organismo. Somente um profissional da área da saúde sabe quais são as doses de suplemento que uma pessoa deve tomar ou se elas são realmente necessárias.
4. Ler o rótulo dos suplementos alimentares - É muito importante. Essa pequena medida pode te proteger de uma série de problemas graves. Alguns tipos de suplementos podem reduzir o efeito de alguma medicação.
5. Consumir suplementos antes do treino para melhorar o desempenho - É muito comum pessoas utilizarem suplemento logo antes do treino, acreditando que ele irá rapidamente aumentar o desempenho do corpo, mas segundo os especialistas, isso é um erro, já que a suplementação causa efeitos a longo prazo, e não imediato. 
6. Uso como remédios - Com a quantidade certa de alguns nutrientes, como o zinco e a vitamina C, o corpo fica mais protegido de doenças infecciosas. No entanto, suplementos vitamínicos e minerais não devem ser usados para combater doenças já instaladas no corpo, já que não possuem efeito alopático, ou seja, não produzem uma reação oposta aos sintomas dos doentes.
7. Uso para perder peso - Usar suplementos alimentares para tentar manter o peso ideal é cada vez mais comum. mas, na verdade, pode causar um aumento de peso, já que alguns suplementos contem uma grande quantidade de calorias. Existem diversos tipos de suplementos emagrecedores, que prometem perda de peso. Porém, poucos desses suplementos foram submetidos a testes clínicos para determinar se eles realmente têm algum benefício e, por isso, os usuários não devem esperar grandes resultados.

Alimentos para combater a depressão

A alimentação pode ajudar a produzir mais serotonina, aumentando o bom humor e ajudando no combate da depressão, entretanto, vale lembrar que ela não substitui o tratamento da doença, com a intervenção medicamentosa e terapia. Para a produção cerebral da serotonina há necessidade dos chamados cofatores, fundamentais para sua síntese, como exemplos: triptofano (aminoácido), magnésio, cálcio (minerais), vitamina B6, ácido fólico (vitaminas). A seguir, veja alguns alimentos que melhorar o humor e, ricos em nutrientes, eles garantem bem-estar e ajudam no tratamento da doença.
Castanha-do-pará, nozes e amêndoas: ricas em selênio, um poderoso agente antioxidante. As quantida­des diárias recomendadas são duas a três unidades de castanha-do-pará ou cinco unidades de nozes ou 10 a 12 unidades de amêndoas.
Leite e iogurte desnatado: fontes de cálcio, mineral que elimina a tensão e depressão. É recomendado o consumo de 2 a 3 porções por dia.
Frutas: maçã, melancia, abacate, mamão, laranja, tangerina e limão são conhecidos como agentes do bom humor. Além disso, a vitamina C melhora funcionamento do sistema nervoso, garante energia, ajuda a combater o estresse e previne a fadiga. É reco­mendado o consumo de três a cinco porções de frutas todos os dias.
Banana e abacate: a banana é rica em carboidrato, potássio e magnésio e é fonte de vitamina B6, que produz energia, diminui a ansiedade e ajuda a ter um sono tranquilo. Tão bom quanto, o aba­cate é outra ótima opção, e antes de dormir. Consumir duas colheres de chá da fruta pura (sem açúcar ou adoçante) todos os dias antes de se deitar.
Mel: alimento estimula a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e bem-estar. O consumo de duas colheres de sobremesa, ao dia, são suficientes.
Ovos: ricos em vitaminas do complexo B, colaboram com o bom humor. O recomendado é uma unidade por dia, deveno-se evitar a versão frita.
Carnes magras e peixes: fontes de proteína, melhora o humor e é capaz de reduzir a sensação de dor, diminuir o apetite, relaxar, criar a sensação de prazer e bem-estar e até induzir e melhorar o sono. Recomenda entre uma e duas porções por dia, principalmente de peixes como atum e sal­mão.
Carboidratos complexos: ajudam o organismo a absorver triptofano e estimulam a produção do neurotransmissor seroto­nina. São fontes de carboidratos: pães, cereais integrais (trigo, arroz) e recomenda-se o consumo de 6 a 9 porções diárias.
Aveia e centeio: os dois são ricos em vitaminas do complexo B e vitamina E. e melhoram o funcionamento do intestino, combatem a ansiedade e a depressão. A recomendação é de, pelo menos, três colheres de sopa cheia por dia.
Folhas verdes: ricos em vitaminas do complexo B, as hortaliças folhosas verde-escuras (espinafre, brócolis, alface) melhora o metabolismo dos neurotransmissores do cérebro associados ao controle do humor. O recomendado é a ingestão diária de três a cinco porções.
Soja: rica em magnésio, mineral combate o estresse porque tem propriedades tranquilizantes naturais, principalmente quando combinadas com cálcio.