quarta-feira, 16 de maio de 2012

Momento lírico 18


SER VERDADEIRO
(Karl Fern)

São rimas de uma verdade
E parte de minha lembrança
Desde meus tempos de criança
Que além de ter liberdade
Para se ter felicidade
Precisa-se manter a esperança
E mesmo que haja mudança
Em passos a dar na vida,
Nem sempre semelhante saída
Pode valer igual receita,
Pois pra cada situação feita
Será outra a hora vivida
E a cada emoção sentida
Lembre-se do ato primeiro:
Que para cada novo roteiro
Não existe fórmula atrevida,
Teimosa, irônica, comovida:
O importante é ser verdadeiro!