sexta-feira, 29 de junho de 2012

Momento lírico 41


CONFIANÇA
(Karl Fern)
O tempo é seu fiador
Afirma-se com lentidão
Vem aos poucos com pudor
Ascendendo com precisão

Pode surgir por gratidão
Um envolvimento perene
Gratificante ao coração
Trilha um afeto solene

Sustenta-se na lealdade
Torna almas irmanadas
Espelha-se na sinceridade
Em reciprocas compartilhadas.

Padrão de amizade e amor
Aval do fino conhecimento
Afinidade de alto louvor
Virtuose do comportamento.

Interesses mútuos somados
Limpos, honestos, cooperativos
Abrigo de feitos consumados
Sentimentos leais e altivos.

Em sua crença se espera
Intocável aliança fraterna
Falhando não se recupera
Sua perda deverá eterna

Provida de valores altivos
Munida de paz e esperança
Com fortes vínculos afetivos
É ela, a tal CONFIANÇA!

Fervura do leite

Por vários motivos, algumas vezes somos levados a consumir leite diretamente ordenhado. Nesses casos, a possibilidade de contaminação por bactérias patogênicas é muito grande, além de poder conter em seu meio microrganismos de doenças da própria vaca, cabra, búfala etc, especialmente Mycobacterium fortuitum. Salmonella Typhimurium e Staphylococcus aureus. É necessário, portanto, ferver o leite antes de consumi-lo para eliminar essas possíveis contaminações.
Mas então, frequentemente, ocorre um problema doméstico. Quando o leite é levado ao fogo, forma-se, depois de algum tempo, uma película impermeável que não deixa escapar o vapor que se forma abaixo dela. O leite “sobe” e frequentemente transborda e suja o fogão. Isso acontece quando o leite atinge cerca de 80 graus centígrados e é possível que alguns tipos de bactérias sobrevivam em grande quantidade nessa temperatura, só morrendo de fato com a fervura. E, nessa temperatura, o leite ainda não ferveu: ele ferve a 100 graus.
O que se deve fazer para evitar esse problema? Quando se formar a película referida, devemos pegar uma espátula e “rasgar” a película para o vapor sair. Baixar o fogo não resolve! Mantendo na mesma intensidade, logo o leite vai ferver, borbulhando, e ai temos a certeza que o leite estará “livre” de bactérias.
O tempo de fervura não deve exceder mais que um minuto, pois o excesso de tempo faz com que o leite perca nutrientes e desenvolva toxinas que podem prejudicar a saúde do seu consumidor. Tudo isso leva a uma outra recomendação prática: Não se pode deixar de olhar a vasilha que está com o leite no fogo durante todo o processo de pré-fervura!
Importante lembrar que mesmo após um processo de fervura alguns tipos de bactérias ainda podem sobreviver, especialmente Salmonella e Staphylococcus, mas provavelmente numa quantidade que não é mais perigosa, ou seja, abaixo da chamada “dosagem infectiva”!. Assim a fervura do leite pode ser considerada como um processo efetivo em reduzir o seu risco microbiológico a níveis mínimos.

Receitas de Aparecida – 01

ALMÔDEGAS
Ingredientes:
500g de carne moída;
2 colheres e sopa de azeite de oliva (30ml);
1 xícara de cebola bem picada (60g);
1 ovo;
150g de farinha de rosca;
395g de molho de tomate; Sal a gosto;
Pimenta do reino a gosto.
Modo de preparo:
1°. Misture a carne com o ovo, a cebola, o sal e a pimenta e agregue a farinha, até o ponto de enrolar as almôndegas;
2° Faça pequenas bolinhas;
3°. Numa panela, com um pouco de azeite, frite as almôndegas, selando-as em fogo alto. Retire as almôndegas e reserve;
4°. Na mesma panela, elimine o excesso de azeite e esquente o molho de tomate, colocando as almôndegas pra cozinhar por alguns minutos;
5°. Quando as almôndegas estiverem totalmente cozidas (dentro de 15 minutos), o prato estará pronto.

Fomte: ARAÚJO, M. A. – “Um prato diferente em seu final de semana” , Gráfica Villar, Parelhas, RN, 2011.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Momento lírico 40


GOTA A GOTA
(Karl Fern)

Chuva fininha que cai
Que cai devagarinho
E cada gotinha se vai
Juntando-se pelo caminho.

Um filetinho se forma
Seguindo ladeira abaixo
O tempo lhe transforma
Em caudaloso riacho.

Outro riacho e mais um
E mais outros se unindo
E num destino comum
Um grande rio surgindo.

O que antes era tão frágil
Agora é firme e forte
E segue garboso e ágil
Seguindo a sua sorte.

Resultado conseguido
Das tantas gotas caídas
Uma a uma se unindo
Quando pareciam perdidas.

Na lição que ora se enreda
Até a natureza reforça
Que mesmo após uma queda
A UNIÃO FAZ A FORÇA!


Momento lírico 39


ODE A UMA CAIXINHA

(Karl Fern)

É uma caixinha pequenina
Guardada com todo apego
Protegida desde menina
Abrigada com aconchego.

Horizonte de um sonhador
Mistério a ser desvendado
Cobiça completa do amor
Intento a ser conquistado.

Tesouro íntimo e valioso
Preciosidade da natureza
Fetiche mais poderoso
Altar de fascinante beleza.

Perdição dos pensamentos
Delicada e atraente demais!
Obsessão dos sentimentos
Fascínio de loucuras reais.

Motivo de fartas lembranças
Predicado de uma saudade
Ensejo pras sublimes danças
Razão do prazer de verdade!

Visão onírica, colírio total!
Mimo intenso e sedutor!
Pretexto súplice e sensual!
Convite excitante, tentador.

Esplendorosa e fantástica
Mel de volúpias e desatinos
Imagem de odes mágicas
Como um leve soar de sinos.

Órgão de traços perfeitos
Alcance das paixões ardentes
Único, demais, sem defeitos
Recanto dos desejos latentes!

Segredo tímido resguardado
Intimidade a ser concedida
Delírio a ser consumado
Com uma paixão escolhida.

Quis um destino encantado
Que eu fosse o preferido
Entre tantos o premiado
Pra ser seu querer atrevido!

Tocá-la de forma carinhosa
Uma dádiva que me faz forte
Amando essa caixinha mimosa
Sou sim, um cara de sorte!

O exemplo de Pedro!

Deus é maior eu sei, mas não esqueçam de outras coisinhas que ajudaram muito, aliás foram fundamentais: médicos competentes, dinheiro suficiente, estrutura apropriada, pronto atendimento... Como seria bom se todos os brasileiros tivessem direito a um atendimento assim!
Taí um grande exemplo para cobrarmos dos governos corruptos que nos cercam e deixam tantos morrerem a míngua, enquanto enchem seus bolsos com “cachoeiras” de dinheiro sujo ou com o nosso limitado dinheirinho que somos obrigados a pagar em impostos até de comida e remédios!
PENSE BEM NA HORA DE VOTAR! VOTE EM VOCÊ!

terça-feira, 26 de junho de 2012

É verdade!!!

ACREDITE! É VERDADE SIM SENHOR!
(Enviado por Bira Viegas)
“Desde janeiro deste ano, todo presidiário brasileiro com filhos (é uma nova portaria do INSS) está recebendo uma espécie de pensão de R$ 915,00 por filho para ajudar no sustento da família enquanto ele estiver atrás das grades.
O salário mínimo vigente no país é de R$ 622,00 e um brasileiro portador de alguma síndrome genética ou outras complicações, deficiente mental e motor, para conseguir um salário mínimo do INSS, alguém tem de provar que todos os integrantes de sua família ganhem, no máximo, até 1/4 de salário mínimo.”
       Pode? Poooode!!! É assim! É difícl de acreditar, mas somos obrigados a aceitar, sem contar com o que se gasta para deixar o condenado na prisão sem fazer nada, com direito a namorar, comidinha na hora...! E eu acrescento, em termos de curiosidades "malígnas" das nossas leis:
“Se um homem disser um desaforo contra uma mulher (pessoalmente eu sou contra desaforos contra qualquer pessoa!) fica preso, enquadrado na Lei Maria da Penha (também não sou contra essa lei!). Agora se ele matar a mulher fica solto! Pode? Poooode sim! Em Jardim do Seridó mesmo, temos exemplos recentes disso!“
Essa não é a sociedade que nós queremos, mas é o país em que vivemos, feito pelos políticos eleitos pelo povo, pois quem aprova essas esdrúxulas leis são eles, os legisladores!
PENSE NISSO ANTES DE VOTAR! VOTE EM VOCÊ!

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Aviso aos eleitores


Amigos eleitores! Nas próximas eleições lembre-se de três coisas:
1.       Quem prometeu e não cumpriu é porque não tinha projeto de governo e pensava apenas no poder!
E mentiu! Mentiu para enganar você! Mentiu para lhe usar com escada para chegar lá em cima e você continuar cada vez mais lá embaixo!
2.       Quem quer fazer faz ou busca como fazer e quem não quer ou não sabe fazer, dá desculpas!
Isto é a prova da incompetência e da acomodação! É muito fácil botar a culpa nos outros, principalmente administradores passados, para esconder seus defeitos. Ninguém foi obrigado a ser candidato. E quando o sujeito é eleito é para resolver as carências do povo. Se não tiver competência para resolver os problemas  criados pelos outros que não se candidate e deixe a vaga para quem é competente. Mas claro que quem só quer o poder não tá nem aí para os problemas do povo. Compra horários nos meios de comunicação com dinheiro do povo e continua mentindo! E se você não for esperto continua acreditando!
3.       Portanto eleitor, use seu voto para ajudar você mesmo!
Vote em quem tem projeto de governo! Vote em quem diz o que vai fazer,  com quem vai contar para fazer, quanto vai gastar e de onde o dinheiro virá para fazer! Esse sim, tem projeto de governo, vai tá falando sério e você vai saber como cobrar!

Uma cidadã jardinense com muito orgulho

Maria Aparecida de Araújo nasceu em 26 de junho de 1966, no sítio Floresta, município de São José do Seridó, RN. Filha de Seu Antônio Bolinha e Dona Josefa, em 2 de fevereiro de 1980, ainda menina, mudou-se para Jardim do Seridó, para estudar no Centro Educacional Felinto Elísio, o CEFE.
Profundamente ligada ao cotidiano da cidade, tornou-se funcionária pública e uma especialista em culinária regional e de eventos. Com o irmão João Silvino, o Bolinha, fundou o trailler “Big Rango”, no já tradicional logradouro público de Jardim do Seridó, o Largo do Canal, que se tornou ponto de encontro das famílias jardinenses que para ali acorrem nos fins de semana em busca de divertidas conversas com amigos regadas a deliciosos drinks e petiscos, em um ambiente extremamente sadio e convidativo!  
Aparecida, como é mais conhecida, apresenta um quadro semanal sobre gastronomia no programa radiofônico Denis Dantas da Rádio Cabugi do Seridó, denominado “Um prato diferente em seu final de semana”.  Este criativo trabalho já deu origem a um livro de mesmo nome, editado pela Gráfica Villar, Parelhas, RN.
Em sua atividade profissional, a simpatissíssima e competente culinarista já participou de vários concursos do gênero tendo sido premiada em várias oportunidades, como o 1° lugar na etapa jardinense do concurso de culinária “Saboreando”, promovido pelo SEBRAE/RN e a medalha e bronze, na etapa seguinte, em nível regional, na cidade de Caicó.
Com autorização da solícita e querida autora estaremos reproduzindo periodicamente nas próximas páginas deste blogspot, posters com receitas publicadas no livro citado!

sábado, 23 de junho de 2012

Opinião: Quem quer mudanças?

Uma pesquisa realizada pela OIT e Unesco avaliou a educação em 40 países. O professor brasileiro tem o terceiro pior salário do mundo. A situação do Brasil só não é pior do que a dos professores do Peru e Indonésia. No Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos 187 países avaliados, o Brasil ocupa a 84º posição, bem atrás de Uruguai, Chile e Argentina. E os governos ainda dizem que a educação é prioridade.
E nas próximas eleições todos os candidatos vão apresentar e prometer como  principal bandeira de lutas SAÚDE e EDUCAÇÃO. E o pior: todos os eleitores vão acreditar! Ou fingirem que acreditam e fingirem que querem mudanças! Tantos os perdedores como os vencedores!
E o que vai acontecer? NADA! Pois serão os mesmos: CANDIDATOS e ELEITORES! E outras eleições virão e outras promessas em vão se repetirão! Nem as formas de negociarem o voto muda! Infelizmente é assim e assim será! Um abnegado idealista aqui outro ali, mas não o suficiente para alguma mudança. Eu vou fazer minha parte, mas não tenho nenhum otimismo. Sinto que serei mais uma vez como o beija-flor da fábula do incêndio!
Se me perguntam É HORA DE MUDAR? Eu respondo JÁ PASSOU DA HORA! Sinceramente: Acho que nesses meus sessenta anos de vida, já conheci tempos mais sérios! Antigamente o trabalhador trabalhava e o rico também! Hoje o rico rouba  e o  trabalhador... Ah! Esse tá doido para pegar uma boquinha também para deixar de trabalhar...
Essa mentalidade só começará a mudar com a aplicação de um eficiente programa de governo de educação massiva de conhecimento e cidadania! E quem vai querer mudar a educação do povo? A pergunta já parece uma  piada!

Perigo: Panelas de alumínio

O alumínio é um metal tóxico que pode trazer sérios danos à saúde humana. Entre vários males ele causa inflamações, seu vapor afeta gravemente os pulmões e acumula-se no cérebro aumentando os efeitos do mal de Alzheimer.
Uma das fontes mais comuns de transferência de alumínio para a água e para os alimentos são as panelas de pressão, caçarolas, caldeirões, papeiros etc, quando de alumínio ou de aço inox. No processo de cozimento do arroz e do feijão, passam quantidades excessivas do metal da panela para a comida.
E se o cozimento é feito com sal a situação piora e praticamente dobra. Aumentando-se o pH, quer dizer diminuindo-se a acidez a concentração do alumínio também aumenta.  Além disso, panelas de alumínio também promovem transferência de níquel, tóxico.
A transferência de alumínio para os alimentos é praticamente a mesma quando as panelas são feitas deste metal ou de aço inox. Porém, o aço inox também passa nutrientes benéficos como cromo e ferro, desde que não sejam exageradas.
O uso de esponja de aço na limpeza aumenta em muito esse perigo e não é eficiente na higienização. Aumenta a transferência de metais da água da panela para os alimentos. Existe um tipo de alumínio, o alumínio polido, que é mais fácil de limpar e poderia ser usado sob cuidados adequados.

Conclusões:
1.       Só adicionar o sal apenas após o cozimento dos alimentos;
2.       Evitar utensílios de alumínio, especialmente as pessoas que sofrem de insuficiência renal crônica;
3.       Evitar esquecer panelas no fogo e preferir os recipientes de teflon ou aço inox;
4.       Cozimentos para pessoas com anemia devem ser feitos em panelas de ferro;  
5.       Comidas típicas devem ser feitas em panelas de barro;
6.       Panelas de teflon parecem ser uma barreira a essa passagem de metais.
7.       Não usar esponja de aço na lavagem de panelas metálicas;
8.       Panelas de alumínio deveriam ser proibidas.

Fonte: USP NOTÍCIAS (http://www.usp.br/agen/repgs/2005/pags/287.htm)

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Olhos: cuidados domésticos

É importante sabermos que alguns cuidados diários e hábitos cotidianos podem nos auxiliar na prevenção de problemas oculares. Primeiramente, uma boa alimentação pode ser um ótimo começo para uma boa saúde dos olhos. A inclusão de vitaminas nas refeições diárias como a vitamina A (encontrada, por exemplo, na cenoura), antioxidantes (encontrado nos vegetais) e minerais podem ajudar a enriquecer e fortalecer o organismo.
Outros cuidados a serem tomados estão relacionados aos nossos hábitos cotidianos. Proteger os olhos contra raios UV fazendo uso de óculos adequados, evitar sentar muito próximo à aparelhos como televisão ou computador, para não forçar a visão, são alguns cuidados que podem prevenir doenças futuras.
Lavar sempre o rosto em água corrente e enxugá-lo com toalhas descartáveis! Nunca utilizar vasilhames, tipo bacias, principalmente usadas por outras pessoas  ou para outras finalidades, para colocar água e lavar o rosto, como também utilizar toalhas usadas por outras pessoas para enxugar o rosto. Lavar também com frequência as mãos e evitar coçar os olhos
Contudo, o mais importante de todos os cuidados é fazer consultas regulares a um oftalmologista, pois quanto mais cedo o problema for detectado melhor será a recuperação.

Momento lírico 38


PAIXÃO
(Karl Fern)

Um bendito e doloroso sentimento
Excitação emanada de um fascínio
Ansiedade sem explícito argumento
Perda da razão e até do raciocínio. 

Sensação deslumbrante de felicidade
Brilho nos olhos, sorrisos e alegrias,
Superlativo do ilusório da realidade,
Agitadas pulsações e insanas arritmias. 

Sonhos de expectativas fantasiosas,
Submissão a desejos incontroláveis,
Liberação das imagens mais radiosas
Vontades instintivas e inimagináveis.  

Querer a pessoa amada a toda hora
Imaginar o toque nela a todo instante
Instinto de possessão que lhe aflora
Ao abraçar ternamente seu amante. 

A todo custo só existe aquele amor,
Vício debilitante que doma uma mente
Um prazer que convive com uma dor:
O ciúme do não ter completamente!  

Objeto dos sofrimentos suportáveis,
Invasora contínua dos pensamentos,
Obsessão com limitações impensáveis
Mote de indescritíveis encantamentos.

Embriagante como um forte sedativo
Resistente e muitas vezes angustiante,
Acontece sem procura e sem motivo
Sempre arteira e de forma fulminante! 

Se alguém nenhuma vez se apaixonar
Nunca sentir o sabor dessa emoção
Não saberá como é gostoso esse penar
Amargará a infelicidade no coração!


Momento lírico 37

SOLIDÃO  
(Karl Fern)

Emocional no qual um ser humano sente
Profunda sensação de vazio e isolamento.
Um querer por uma companhia ausente
Tristeza inconsolável de doído tormento!

Precisão de algo novo que lhe transforme.
Estar desacompanhado e o ficar sozinho,
Descontrole e pensamento desuniforme .
Perdido no norte e sem rumo no caminho. 

Ausência de identidade e de compreensão
Bloqueio da capacidade de relacionamentos
Manifesta sensação de abandono e rejeição,
Insegurança, ansiedade e ressentimentos. 

Perda da esperança, medo da insignificância.
Debilitante experiência de vasto sofrimento
Autoconvencimento de débil importância
Baixa autoestima, doentio distanciamento. 

Tediosa experiência  em temerária tristeza
Dolosa saudade do que não pode ser amado
Emocional estilhaçado destituído de beleza,
Condição humana do se sentir abandonado.

Sensação de perda do significado da vida
Afastamento dos que lhe foram confidentes
Refém do infortúnio da lembrança pervertida
Arrependimento tardio por algo inexistente.

É injusto se recolher pela falta de coragem
Sumir quando o mundo tem tantas portas
Sempre terá alguém carente de uma viagem
Para a felicidade, fugindo de coisas mortas.

Desperte e desista das agruras de solidão
Procure algo prazeroso que lhe faça reviver
Traga alívio e revigore o sofrido coração
Restaure a aura positiva e a alegria de viver.


Suplementos alimentares



Segundo dados de pesquisas feitas pelo IBGE, 98% da população brasileira não ingere a quantidade ideal de vitaminas por dia e 92%, não consome frutas com frequência. Além disso, 88% da população ingere mais do que as duas miligramas de sal refinado diariamente, consumo considerado excessivo.

Por esse motivo o consumo de suplementos alimentares faz parte da nova pirâmide alimentar, mas na hora de incluir os suplementos na dieta
, é preciso tomar alguns cuidados para evitar problemas. Eis alguns comentários sobre isso:

1. Consumir com aconselhamento médico - Como evitam a deficiência de nutrientes, em quantidades excessivas podem trazer problemas e é importante que o consumo de suplementos seja feito sob a orientação de especialistas em esporte e nutrição.
2. Não apenas quem tem doenças precisa tomá-los - Uma pessoa livre de doenças e que pratica exercícios físicos, tem uma alimentação balanceada, não bebe e não fuma pode precisar de suplementação, porque cada pessoa possui um metabolismo diferente e, por isso, absorve de maneira específica cada tipo de nutriente.
3. Tomar mais do que o necessário – O excesso pode causar efeitos prejudiciais ao organismo. Somente um profissional da área da saúde sabe quais são as doses de suplemento que uma pessoa deve tomar ou se elas são realmente necessárias.
4. Ler o rótulo dos suplementos alimentares - É muito importante. Essa pequena medida pode te proteger de uma série de problemas graves. Alguns tipos de suplementos podem reduzir o efeito de alguma medicação.
5. Consumir suplementos antes do treino para melhorar o desempenho - É muito comum pessoas utilizarem suplemento logo antes do treino, acreditando que ele irá rapidamente aumentar o desempenho do corpo, mas segundo os especialistas, isso é um erro, já que a suplementação causa efeitos a longo prazo, e não imediato. 
6. Uso como remédios - Com a quantidade certa de alguns nutrientes, como o zinco e a vitamina C, o corpo fica mais protegido de doenças infecciosas. No entanto, suplementos vitamínicos e minerais não devem ser usados para combater doenças já instaladas no corpo, já que não possuem efeito alopático, ou seja, não produzem uma reação oposta aos sintomas dos doentes.
7. Uso para perder peso - Usar suplementos alimentares para tentar manter o peso ideal é cada vez mais comum. mas, na verdade, pode causar um aumento de peso, já que alguns suplementos contem uma grande quantidade de calorias. Existem diversos tipos de suplementos emagrecedores, que prometem perda de peso. Porém, poucos desses suplementos foram submetidos a testes clínicos para determinar se eles realmente têm algum benefício e, por isso, os usuários não devem esperar grandes resultados.

Alimentos para combater a depressão

A alimentação pode ajudar a produzir mais serotonina, aumentando o bom humor e ajudando no combate da depressão, entretanto, vale lembrar que ela não substitui o tratamento da doença, com a intervenção medicamentosa e terapia. Para a produção cerebral da serotonina há necessidade dos chamados cofatores, fundamentais para sua síntese, como exemplos: triptofano (aminoácido), magnésio, cálcio (minerais), vitamina B6, ácido fólico (vitaminas). A seguir, veja alguns alimentos que melhorar o humor e, ricos em nutrientes, eles garantem bem-estar e ajudam no tratamento da doença.
Castanha-do-pará, nozes e amêndoas: ricas em selênio, um poderoso agente antioxidante. As quantida­des diárias recomendadas são duas a três unidades de castanha-do-pará ou cinco unidades de nozes ou 10 a 12 unidades de amêndoas.
Leite e iogurte desnatado: fontes de cálcio, mineral que elimina a tensão e depressão. É recomendado o consumo de 2 a 3 porções por dia.
Frutas: maçã, melancia, abacate, mamão, laranja, tangerina e limão são conhecidos como agentes do bom humor. Além disso, a vitamina C melhora funcionamento do sistema nervoso, garante energia, ajuda a combater o estresse e previne a fadiga. É reco­mendado o consumo de três a cinco porções de frutas todos os dias.
Banana e abacate: a banana é rica em carboidrato, potássio e magnésio e é fonte de vitamina B6, que produz energia, diminui a ansiedade e ajuda a ter um sono tranquilo. Tão bom quanto, o aba­cate é outra ótima opção, e antes de dormir. Consumir duas colheres de chá da fruta pura (sem açúcar ou adoçante) todos os dias antes de se deitar.
Mel: alimento estimula a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e bem-estar. O consumo de duas colheres de sobremesa, ao dia, são suficientes.
Ovos: ricos em vitaminas do complexo B, colaboram com o bom humor. O recomendado é uma unidade por dia, deveno-se evitar a versão frita.
Carnes magras e peixes: fontes de proteína, melhora o humor e é capaz de reduzir a sensação de dor, diminuir o apetite, relaxar, criar a sensação de prazer e bem-estar e até induzir e melhorar o sono. Recomenda entre uma e duas porções por dia, principalmente de peixes como atum e sal­mão.
Carboidratos complexos: ajudam o organismo a absorver triptofano e estimulam a produção do neurotransmissor seroto­nina. São fontes de carboidratos: pães, cereais integrais (trigo, arroz) e recomenda-se o consumo de 6 a 9 porções diárias.
Aveia e centeio: os dois são ricos em vitaminas do complexo B e vitamina E. e melhoram o funcionamento do intestino, combatem a ansiedade e a depressão. A recomendação é de, pelo menos, três colheres de sopa cheia por dia.
Folhas verdes: ricos em vitaminas do complexo B, as hortaliças folhosas verde-escuras (espinafre, brócolis, alface) melhora o metabolismo dos neurotransmissores do cérebro associados ao controle do humor. O recomendado é a ingestão diária de três a cinco porções.
Soja: rica em magnésio, mineral combate o estresse porque tem propriedades tranquilizantes naturais, principalmente quando combinadas com cálcio.